Concentração: 8 dicas para trabalhar com seus filhos

Crianças

concentraçãoConcentração é como um músculo que requer exercício regular para fortalecer. Algumas crianças nascem “mais fortes” nessa área do que outras, mas todas as crianças podem aprender estratégias e se envolver em práticas que ajudam a melhorar sua capacidade de se concentrar e sustentar sua atenção.

Afinal, essa é uma habilidade muito importante para as crianças adquirirem – exigências escolares que os alunos se concentram por longos períodos de tempo e, à medida que as crianças crescem, passam a ter atividades extracurriculares depois da escola exigem ainda mais concentração.

A maioria das crianças consegue se concentrar em atividades divertidas e agradáveis. São as mais chatas, difíceis ou menos agradáveis ​​que realmente desafiam seu foco.

No entanto, essa capacidade de concentrar e manter a atenção em todos os tipos de tarefas é de extrema importância, porque ajuda as crianças a aprender e a melhorar, o que leva à autoconfiança e à autoestima positiva.

 

Aqui estão algumas dicas para ajudar seus filhos a construir seus músculos de concentração:

 

  1. Brincar ajuda a construir concentração!

Como as crianças aprendem mais brincando, é sempre uma boa ideia tentar tornar suas atividades um pouco mais divertidas. Mantenha dispositivos, tablets e computadores longe e permita que as crianças brinquem com brinquedos comuns, atividades e exercícios de concentração.

concentraçãoEstudos mostraram que os dispositivos realmente reduzem o tempo de atenção das crianças. Por isso, devem ser usados com moderação ou não devem ser usados.

Jogos de raciocínio – Você pode treinar e fortalecer a capacidade de uma criança de se concentrar com jogos de concentração que exigem pensamento, planejamento e uso da memória, como palavras cruzadas, quebra-cabeças e jogos de cartas como ‘Memória’ e ‘Uno’.

Jogos de sequência – A ligação entre sequência e concentração é forte. Seguir receitas, arrumar a mesa e colocar as coisas em ordem alfabética são ótimas atividades para crianças que têm dificuldades de concentração.

Basta sentar – Este jogo envolve desafiar o seu filho a sentar-se numa cadeira sem se mexer ou mexer-se para ver quanto tempo ele consegue fazê-lo. Outro jogo de concentração nesta categoria é “Estátua!” Através do jogo repetido, o cérebro da criança é “exercitado” e desafiado, o que fortalece as conexões mente-corpo e melhora o foco.

 

  1. Prepare o ambiente

Algumas crianças respondem bem em um ambiente que é calmo, mas outras podem prosperar em um ambiente que tem muita agitação. Entender que tipo de ambiente seu filho prefere estudar é concentraçãoo primeiro passo para aumentar o nível de concentração nele.

Ambiente – Música instrumental e iluminação suave ajudam a definir o humor para estudar.

Dispositivos – Idealmente, todos os dispositivos, incluindo televisores, iPads e celulares, precisam estar desligados ou em uma sala diferente para evitar distrações. Se você precisar usar um computador para estudar, certifique-se de que ele seja usado apenas para estudar e nada mais.

Material acessível – Mantenha tudo o que for necessário para que seu filho não precise se levantar para pegar nada. Todos os livros de lição de casa, giz de cera, livros didáticos, lápis e até mesmo água podem ser mantidos na mesa ou nas proximidades. Isso também ajuda a manter o controle de quanto trabalho resta e ajuda você a gerenciar melhor seu tempo.

 

  1. Cochilos e pausas aumentam a concentração!

concentraçãoCochilos e intervalos adequados refrescam a mente e aumentam a concentração.

A maioria das crianças consegue se concentrar melhor depois de uma boa noite de descanso.

Um cochilo por vinte minutos depois da escola ou da tarde também deve aumentar a concentração.

 

  1. Entenda o método de aprendizagem do seu filho

Todas as crianças aprendem de maneiras diferentes. Algumas crianças processam informações facilmente quando a veem, outras quando ouvem e outras quando têm conhecimento prático e podem tocá-las.

É importante entender em qual categoria o seu filho se enquadra, principalmente porque isso irá ajudá-lo a entender melhor a informação.

concentração

Visual – As crianças que são visuais entendem melhor as informações quando podem vê-las. Nesse caso, a criança poderá se concentrar melhor se tiver permissão para ler as informações e anotá-las também.

Fazendo cartões flash – Se seu filho está aprendendo ortografias ou até mesmo conceitos, escrevê-los em cartões pequenos e mostrá-los repetidamente a ajudará a entender e aprender esses conceitos muito mais rapidamente.

Desenho – Pedir que a criança desenhe o que ele está estudando também pode ajudá-lo a visualizar melhor o material. Um bônus é que isso também ajuda suas habilidades motoras a se desenvolverem.

Rabiscar – Muitas vezes, vemos nossos filhos rabiscando enquanto estudam e acham que estão distraídos, mas o que realmente acontece é que os rabiscos os ajudam a lembrar o que estão estudando naquele momento.

Auditivo – Crianças que aprendem melhor quando ouvem informações são de natureza auditiva.

Leitura em voz alta – As crianças que são de natureza auditiva aprendem melhor lendo o material em voz alta ou ouvindo alguém lendo. Nesse sentido, eles podem achar os livros de áudio mais úteis do que os livros de bolso.

Música – Ouvir música enquanto estuda também pode ajudar essas crianças a aumentar a concentração e lembrar melhor.

Cinestésico – As crianças que são cinestésicas precisam ser capazes de tocar e sentir o assunto para compreendê-lo e processá-lo melhor.

Para essas crianças, aprender por aplicações práticas pode ser mais útil do que ler em voz alta ou escrever.

 

  1. Prepare-se antecipadamente para a próxima tarefa.concentração

Quando seu filho estiver ocupado, diga a ele o que deve fazer a seguir, mas aguarde alguns minutos até que ele pare e inicie a nova atividade.

Isso ajuda, especialmente quando uma criança está envolvida fazendo algo que gosta, já que pode haver relutância em parar o que ele está fazendo e começar outra coisa.

 

  1. Definir metas de tempo curto para melhor concentração

concentraçãoDefina um limite de tempo para a conclusão de um objetivo. Se estiver estudando, então você pode dizer que um certo número de páginas precisa ser feito dentro de vinte minutos.

Tenha em mente que o tempo médio para um adulto se concentrar completamente é uma média de 42 minutos e, assim, o período de concentração de uma criança deve ser muito menor.

Portanto, seria sensato ter prazos mais curtos, como de 15 minutos a 20 minutos.

Outra coisa a ter em mente é que, embora algumas crianças prosperem com metas de tempo, outras crianças podem sentir-se pressionadas e perder o foco.

 

  1. Permitir tempo para distraçõesconcentração

As crianças são naturalmente enérgicas e exuberantes. Dar um tempo para que elas possam liberar a energia pode realmente ajudá-las a se concentrar melhor na próxima tarefa!

Por exemplo, o seu filho pode fazer algo completamente diferente durante esse período, como pular corda, ajudar os pais com algo ou qualquer atividade que ajude a criança a gastar a energia.

 

  1. Planeje tarefas de acordo com o tempo de energia do seu filho

Algumas crianças têm muita energia no período da manhã, enquanto outras têm à noite.

concentraçãoEstudar ou fazer atividades durante esse período ajudará seu filho a se concentrar melhor na tarefa em questão.

Sempre comece seu filho nas atividades mais difíceis durante seu tempo de grande energia.

À medida que os níveis de energia diminuem, você sempre pode alternar para uma atividade mais leve.

Isso ajudará a criança a aumentar o poder de concentração!

 

Como qualquer habilidade, a concentração pode ser melhorada e aperfeiçoada. O truque é ser consistente.

Essas oito dicas que ajudam a aumentar o poder de concentração são uma base benéfica para todos, já que, além de melhorar a concentração do seus filhos, fortalece o relacionamento que você tem com eles.

Atividades para Crianças
Atividades para Crianças
Atividades para Crianças