08 dicas para uma alimentação saudável na gravidez

Gravidez

A gravidez é um momento muito especial e requer muito cuidado – para a mãe e para o bebê. Assim que descobre que está grávida, a mulher começa a ouvir que “agora precisa comer por dois”. A frase popular é responsável pelo aumento desnecessário de peso de muitas grávidas. O ideal é que assim que o casal estiver planejando ter um bebê a futura mamãe já comece a mudar a alimentação e buscar uma dieta mais saudável.

Assim, quando estiver grávida, a mudança não será tão drástica. Mas como nem sempre isto é possível, durante a gravidez a mamãe já pode ser mais saudável – pensando nela e no bebê que logo virá.

Confira algumas dicas (além do tradicional ácido fólico!):

01. Procure um nutricionista e converse com sua (seu) médica (o)

Se você chegou até aqui, provavelmente está preocupada com sua alimentação durante a sua gravidez. Antes de seguir qualquer dica encontrada na internet, converse com sua médica (ou médico) e procure um nutricionista.

02. Aposte na variedade

Se esta dica já é válida para homens e mulheres, é ainda mais importante para as grávidas! Vá muito além do feijão, arroz e carne. Coma saladas, verduras e legumes de cores e texturas diferentes.

03. Dobradinha Ferro + Vitamina C

A ingestão de ferro é muito importante e todo mundo sabe disso. Certo? Porém, muitas vezes a absorção não acontece da maneira adequada. A combinação da vitamina C com o ferro potencializa a absorção do nutriente no corpo. Uma dica é usar o limão na salada ou fazer suco de laranja e couve.

04. Diminua (corte, se puder!) a ingestão de lactose

Leites, queijo, iogurte, manteiga e derivados em geral do leite são inimigos da alimentação saudável. Se você conseguir, substitua o leite de vaca por leite vegetal, por exemplo (de aveia, amendoim, coco, amêndoas, etc). Você também pode trocar a manteiga por patês e geleias!

05. Fuja dos vilões: açúcar, gordura e sal

Açúcar, gordura e sal estão presentes em praticamente todos os produtos industrializados. Procure diminuir o consumo de tudo o que é processado e prefira alimentos naturais. Na hora do lanchinho escola aperitivos saudáveis. Troque os salgadinhos e frituras por frutas ou castanhas, por exemplo. Uma boa opção também é preferir bolos, doces ou salgados caseiros.

06. Castanhas, frutas e cereais

Troque o pãozinho da padaria pelo pão integral – rico em fibras e muito mais nutritivo. Coloque castanhas no seu cardápio, seja amendoim, nozes ou amêndoas. O ideal é consumir ao menos cinco porções de frutas por dia. Banana, maçã, mamão, melão, morango, abacate, uva, kiwi… – as opções são muitas!!

07. Deixe de comer:

Energéticos, bebidas alcoólicas, café, chocolate branco e ao leite, carne mal passada, frutos do mar crus, queijos com fungos e bife de fígado. Por conta do mercúrio, diminua o consumo de atum, caso ele esteja sempre no seu cardápio.

08. Hidrate-se!

Deixamos por último, mas é um dos mais importantes: beba muita água! Hidratar-se é fundamental para a sua saúde e também para a saúde do seu bebê. E não adianta tomar tudo de uma vez: beba pequenas quantidades durante o dia.

Lembre-se de visitar o seu médico regularmente e acompanhar a sua saúde e do seu bebê.

Até a próxima!

Gravidez
Gravidez
Em Família